Advogado Vinícius Faiad analisa caso de desclassificação de professora aprovada em concurso e considerada obesa

O advogado Vinícius Maya Faiad, associado do escritório MLPC e Advogados Associados, comenta decisão da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo de impedir o acesso de candidata aprovada em concurso por ser considerada obesa. O fato envolveu a professora Bruna Giorjiani de Arruda, de 28 anos, 1,65 metros de altura, pesando 110 quilos, que foi desclassificada do concurso público do órgão sob o argumento de que a candidata é obesa mórbida (entenda o caso). Segundo análise do advogado, a decisão é inconstitucional e fere o princípio da igualdade, havendo ainda abuso de poder por parte da autoridade que desclassificou a professora.Vinícius Faiad é graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) e pós-graduando em Direito Civil e Processo Civil. Confira aqui.